A história do pão de queijo, um símbolo de Minas Gerais

Um piquenique perfeito: 3 coisas que você precisa planejar
10/11/2015
Quatro delícias para combinar com Mate Couro no Natal
27/11/2015
Mostrar tudo

A história do pão de queijo, um símbolo de Minas Gerais

O pão de queijo é um dos maiores expoentes da culinária brasileira. Não há brasileiro que não conheça (e não adore) o pão de queijo, assim como não há estrangeiro que não se apaixone pelo pão de queijo já na primeira mordida.

 

Apesar de sua origem ser incerta, especula-se que o pão de queijo tenha nascido nas cozinhas de fazendas mineiras do século XVIII. Como o Brasil ainda não possui um sistema de logística, a farinha branca demorava a chegar às fazendas e, quando finalmente chegava, estava com a qualidade comprometida. Assim, em substituição à farinha do também delicioso pão com queijo, foi incorporado o polvilho à receita, fato que culminou no pão de queijo que conhecemos hoje.

 

A origem do pão de queijo é interessante, pois revela toda a inventividade e sustentabilidade do brasileiro na cozinha. Através da receita, a cozinha mineira conseguiu matar dois coelhos com uma cajadada só: ao mesmo tempo em que se aproveitava as sobras de queijo, que iam perdendo a textura macia com o passar do tempo, ainda se utilizada um ingrediente tipicamente local: a mandioca (matéria-prima do polvilho), tesouro da culinária brasileira que, na época, podia ser achado em qualquer rincão.

 

Só depois de passados mais de 200 anos desde sua invenção que a preciosidade da culinária mineira caiu no gosto do restante do Brasil, a essa altura muito diferente do Brasil colonial do século XVIII. E, dos anos 50 para cá, assistimos a uma “globalização” do pão de queijo. Hoje, o produto é exportando para mais de 50 países ao redor do mundo, sendo que entre os principais consumidores estrangeiros destacam-se a Itália, o Japão, Portugal e Estados Unidos.

 

O pão de queijo pode ser apreciado puro ou recheado com manteiga ou requeijão. No entanto, desde que se tornou popular fora do estado de Minas Gerais, ganhou de uma infinidade de recheios. Queijos como o cheddar, doces como goiabada e doce de leite passaram a figurar entre os recheios preferidos. Hoje, com o movimento chamado de “gourmetização dos alimentos”, o pão de queijo transforma-se, até mesmo, em sanduíche, chegando a levar carne em seu recheio.

 

Em Minas Gerais o pão de queijo se combina com duas bebidas clássicas: café quentinho, feito na hora, ou Mate Couro geladinho!

 

Comentários

Comentários

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *